eduardo baltazar
︎













torre 3 (humaitá)
2023
óleo sobre linho 
30x24cm




gaitista
2023
óleo sobre linho
60x50cm





lagos 2
2023
óleo sobre tela
50x40cm





lagos 1
2023
óleo sobre tela
50x40cm





duas árvores na beira da da estrada
2023
óleo sobre linho
24x30cm




paisagem de estrada 3
2023
óleo sobre tela
24x30cm




paisagem de estrada 5 
2023
óleo sobre tela
27x35cm





itacoatiara
2023
24x30cm
óleo sobre tela



Nós também temos sido perturbados variadamente. Conceitos cruzam na névoa. Percepção é difícil. Vulcões emitem fogo. Ajuda é oferecida: rejeitada. Soro de picada de cobra não é prescrito para todos. Antes de seguir instruções que levam a direções erradas, forças auxiliares podem ser convocadas, de maneira imediata: Er'perrehnne!

Ursula Le Guin
A curva do sonho
Inelutável modalidade do visível: pelo menos isso se não mais, pensada por meus olhos. Assinaturas de todas as coisas que estou aqui para ler, ovamarinha e algamarinha, a maré entrando, aquela bota enferrujada.
Verderranho, pratazul, ferrugem: signos coloridos. Limites do diáfano. Mas ele acrescenta: nos corpos. Então ele os sabia corpos antes de sabê-los coloridos. Como? Metendo a cachola neles, claro. Vá com calma. Calvo ele era, e milionário, maestro di color che sanno. Limite do diáfano em. Por que em? Diáfano, adiáfano. Se você consegue enfiar os cinco dedos é um portão, se não uma porta. Feche os olhos e veja.


James Joyce,
Ulysses





arraial II 
2023
24x30cm
óleo sobre tela






arraial I 
2023
24x30cm
óleo sobre tela







A cisma, que é o pensamento no estado nebuloso, confina com o sono e preocupa-se a respeito dele, como de sua própria fronteira. O ar habitado por transparências vivas seria o começo do Desconhecido; além abre-se a vasta porta do possível. Outros seres e outros fatos. Nada sobrenatural; mas a continuação oculta da natureza infinita. Gilliatt, no ócio laborioso que compunha a sua existência, era um observador estranho e fantástico. Chegava a observar o sono. O sono está em contato com o possível, que também chamamos o inverossímil. O mundo noturno é um mundo. A noite é um universo. O organismo material humano, sobre o qual pesa uma coluna atmosférica de 15 léguas de altura, chega à noite fatigado, cai de fraqueza, deita-se, repousa; fecham-se os olhos da carne; então, naquela cabeça adormecida, menos inerte do que se crê, abrem-se outros olhos, aparece o Desconhecido. As coisas sombrias do mundo ignorado tornam-se vizinhas do homem, ou porque haja verdadeira comunicação, ou porque as distâncias do abismo tenham crescimento visionário; parece que as criaturas invisíveis do espaço vêm contemplar-nos curiosas a respeito da criatura da terra; uma criação fantasma sobe ou desce para nós, no meio de um crepúsculo; ante a nossa contemplação espectral, uma vida que não é a nossa agrega-se e dissolve-se, composta de nós mesmos e de um elemento estranho; e aquele que dorme, nem completo vidente, nem completo inconsciente, entrevê as animalidades estranhas, as vegetações extraordinárias, as cores lívidas, terríveis ou risonhas, as larvas, as máscaras, os rostos, as hidras, as confusões, os luares sem lua, as obscuras decomposições do prodígio, o crescer e o decrescer no meio da espessura turvada, a flutuação de formas nas trevas, todo esse mistério que chamamos sonho, e que não é mais do que a aproximação de uma realidade invisível. O sonho é o aquário da noite.

Victor Hugo
Os trabalhadores do mar









lagoa
2023
30x24cm
óleo sobre tela






queluz 
2023
díptico
24x30cm cada
óleo sobre tela






pompeia (noitinha)
2023
30x24cm
óleo sobre tela






torre
2023
30x24cm
óleo sobre tela






modalidade do visível 1
2023
28x14cm
óleo sobre tela







6 de maio, cinco da tarde - Esta é uma hora de estranhos efeitos de luz e sombra - o suficiente para fazer um colorista enlouquecer - longos raios de prata derretida enviados horizontalmente através das árvores (agora em seu mais brilhante e suave verde), cada folha e galho de uma infinita folhagem, um milagre acesso, então cobrindo a interminável relva de juventude madura e conferindo às lâminas um esplendor não apenas geral, como individual, de maneiras desconhecidas a qualquer outra hora. Conheço lugares específicos onde observo esses efeitos em sua perfeição. Uma mancha larga repousa sobre a água, com um ondular cintilante, contrabalanceado pelas turvas sombras verde-escuro que rapidamente afundavam, em intervalos ao longo das margens. Estas, com grandes flechas de fogo horizontal que se lançam por entre as árvores e ao longo da grama, à medida que o sol se põe, dão efeitos sempre mais particulares, sempre mais esplêndidos, sobrenaturais, ricos e deslumbrantes.

Walt Whitman,
Dias exemplares








escalada
2023
díptico
18x24cm
óleo sobre tela






escalada II
2023
díptico
18x24cm cada
óleo sobre tela







árvore
2022
170x130cm
óleo sobre tela

















A estrela no céu brilhou
a mata virgem escureceu.
Aonde anda o mensageiro de Aruanda,
que até agora não apareceu?









Afinal de contas vocês ensaiam todos os dias para a morte. Deitam, dormem e acordam sem se darem conta de que esse é um ensaio da vida para a grande viagem da morte.
A própria natureza ensaia constantemente para mostrar ao homem a realidade da vida. O sol nasce e se põe, renasce no outro dia, mostrando a lição da morte e da vida. Desde as plantas aos animais, morrendo cada dia, tudo demonstra que sempre já um recomeço, uma continuidade e que o que vocês chamam de morte é apenas uma passagem para a verdadeira vida.

Pai João de Aruanda
Sabedoria de Preto Velho













sobre


Educação 
Graduação em arquitetura e urbanismo - FAU UFRJ
Mestrado em história da arte - PUC Rio
EAV Parque Lage - Rio de Janeiro

Exposições
2024 Coletiva Fazer faz corpo - Galeria Quarta Parede - São Paulo - SP
2023 Individual Meia Luz - Galeria Bianca Boeckel - São Paulo - SP
2023 Coletiva Bleu - Paris - França
2023 Coletiva Tenho Sede - ArteVoxs - Rio de Janeiro - RJ
2022 Coletiva Poleiro vol. 2 com Augusto Portella e Daniel Frickmann - Rio de Janeiro
2022 Coletiva Matéria Muta - Fábrica Bhering - Rio de Janeiro - Curadoria Daniela Avellar, Guilherme Ferreira, Monica Coster, Rubens Takamine e Uri Nonnato
2022 Coletiva Antropia Nacional - Curadoria Gabriel Babolim - Galeria Plexi - São Paulo
2022 Selecionado - 28ª SAV 2022 – Salão de Artes Visuais - Vinhedo - SP
2022 Coletiva Ocupa Fasam - Galeria Arte Fasam - São Paulo
2022 Coletiva Assembleia -  Curadoria Daniela Avellar - Galeria Refresco - Rio de Janeiro - RJ
2022 Coletiva Poleiro com Augusto Portella e Daniel Frickmann - Rio de Janeiro - RJ
2021 Selecionado para a 14º Grande exposição de arte Bunkyo - São Paulo - SP
2021 SPArte  com a galeria Bianca Boeckel (São Paulo)
2021 Exposição individual no site da ArtRio com a Galeria Bianca Boeckel
2021 Mostra MIRA com galeria Refresco - ArtRio
2021 Exposição Acervo rotativo - Curadoria de Laerte Ramos - São Paulo - SP
2021 Parte do livro e exposição "Arte e Natureza: Poéticas e Pedagogias da Mãe Terra" - Universidade Federal da Integração Latino Americana
2020 ArtRio com a galeria Bianca Boeckel (São Paulo)
2019 Exposição e feira de artes visuais Oriente - Vila Aymoré - Rio de Janeiro - RJ
2018 7º Salão de artes visuais CCFA - Centro cultural Franco/germânico - Niterói - RJ

Residências
2021 Residência artística (3 meses) na Galeria Refresco - Rio de Janeiro - RJ

Prêmios
2022 Finalista no Prêmio Dasartes para jovens artistas - Revista Dasartes

Cursos livres 
Procedência e Propriedade - Charles Watson
Orientação em desenho contemporâneo - Valério Ricci Montani / EAV Parque Lage
Teorias da arte contemporânea  - Fernando   Cocchiarale / EAV Parque Lage
Orientação em pintura contemporânea- Luiz Ernesto / EAV Parque Lage
O processo criativo - Charles Watson / EAV Parque Lage
Programa multidisciplinar de fundamentação em artes visuais  - Cadu, Angelo Venosa e Fernanda Lopez / EAV Parque Lage
Introdução ao pensamento de Didi-Huberman: Como permanecer no dilema - Anelise de Carli - APPH
Um cuidadoso estudo de dragões - Uma viagem com Ursula K. Le Guin / APPH
Imagens da crise, imagens da crítica
Questões da filosofia contemporânea - Alyne Costa, Raquel Azevedo, Rafael Saldanha e Rafael Zacca
Aula de orientação e prática em desenho - Cadu / Escola sem sítio
Curso Primeiras Poéticas - Cadu / Escola sem sítio